Coração Suave- Um soneto de Amor

Cicatriz
 corcion
     Quem já perdeu um amor
conhece a real extensão da palavra dor.
Teu amor do meu ser vou arrancá-lo
lá do fundo do meu peito infeliz.
Insepulto, folhas mortas no talo,
flores mortas, pois é morta a raiz.
Atiro-o longe, no fundo desse valo,
(o sentimento) e cubro-o com a cicatriz.
E não ouse esse amor ressuscitá-lo
dei-lhe muito pelo pouco que me quis.
É a paixão a sensação da vida,
se tiver preço é tão grande o valor
que só se paga co´a moeda do amor.
Fecho-me em mim, abro a velha ferida
e vem a saudade buscar, a todo momento,
tua lembrança no meu esquecimento…

por Inácio Dantas. 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s